Find Us Online At
iBookstore
Like Us
A programme by
Apresentamos o maior dos bebés no Universo jovem
28 October 2018

Se tivesses um ‘selfie stick’ suficientemente grande para tirar uma fotografia do Universo pelo lado de fora, o que achas que conseguias ver?

O Universo é ocupado por uma coisa chamada ‘rede cósmica’. É uma teia gigantesca composta por estrelas reunidas em galáxias, galáxias juntas em grupos, e estes ligados em redes a que chamamos enxames de galáxias. Quando existem ligações entre eles, ficam definidas as maiores estruturas do Universo: os super-enxames. 

Os super-enxames estendem-se ao longo de centenas de milhões de anos-luz de espaço. Até agora foram descobertos menos de 50, mas pensa-se que existem milhões deles no nosso Universo. E, todos juntos, formam a grande e complexa estrutura a que chamamos rede cósmica.

Esta semana, foi anunciada a descoberta de um novo super-enxame no Universo distante!

Conseguimos ver este super-enxame bebé ainda a formar-se, a quase 11 mil milhões de anos-luz de distância. Embora ainda esteja a crescer, já é a maior estrutura alguma vez encontrada a tamanha distância da Terra.  Está tão longe que, na realidade, o estamos a ver como ele era quando o Universo era muito jovem. Isto acontece porque, apesar de a luz viajar mais depressa do que qualquer outra coisa no Universo, ainda leva muito tempo a atravessar tanto espaço.

No caso dos objetos mais distantes, como este super-enxame, passam-se milhares de milhões de anos até que a sua luz alcance a Terra. Por isso, na realidade estamos a ver o aspeto que estes objetos tinham há milhões ou mesmo milhares de milhões de anos, quando o Universo era muito mais jovem.

É surpreendente que algo tão grande pudesse existir numa altura em que o Universo era tão recente e tinha tido tão pouco tempo para crescer. Ainda assim, nesse tempo este super-enxame já continha material suficiente para dar origem a mais de um milhão de milhares de milhões de estrelas como o nosso Sol.  E isso faz dele algo tão grande como as maiores estruturas que conseguimos detetar hoje em dia no Universo!

Facto curioso

O super-enxame de que nós, na Via Láctea, fazemos parte tem o nome de ‘Laniakea’. É constituído por cerca de 100000 galáxias!

Share:

Images

The Hyperion Supercluster
The Hyperion Supercluster

Printer-friendly

PDF File
1020.1 KB